Novas diretrizes para o parto normal

No mês de março o Ministério da Saúde divulgou novas diretrizes de assistência ao parto normal que visam diminuir o número de cesáreas no Brasil.

Um dos pontos fundamentais é o empoderamento da mulher na elaboração do seu próprio plano de parto, escolhendo como, onde e de que forma elas desejam viver essa experiência.

É reservado às mulheres, entre outras variáveis, a escolha da posição para o parto, de alternativas para aliviar a dor antes e na hora do parto, do acompanhamento de doulas, do acesso a massagens e imersão em banheira.

O Espaço AMA apoia a mulher no seu processo de empoderamento materno, através de atividades como o yoga para a gestante e para mães e bebês e como a oficina de preparação para o parto, que ocorrerá no dia 03/06 (sábado), das 10 às 12 horas, com nossa parceira Marina Morena, direcionada a casais gestantes – mais informações:

O documento também traz novidades para os profissionais, permitindo que enfermeiras obstétricas ou obstetrizes realizarem partos em Centros de Parto Normal, como ocorre em outros países, e criando um projeto de qualificação da atenção obstétrica e neonatal hospitalar, visando a capacitação de profissionais de saúde.

Apesar da estabilização do número de cesáreas no país, esse procedimento ainda representa 54,7% do total de partos no Brasil, contra 15% recomendados pela Organização Mundial da Saúde.

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Voce-precisa-saber/noticia/2017/03/ministerio-da-saude-divulga-diretrizes-em-prol-do-parto-normal.html

Acesse aqui o modelo de plano de parto disponibilizado pela Revista Crescer: http://crescer.globo.com/pdf/CRESCER_PLANO_DE_PARTO.pdf

Acesse aqui a versão resumida das diretrizes, disponibilizada pelo Ministério da Saúde: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/marco/08/Diretrizes-Parto-Normal-resumida-FINAL.pdf